O Mapa

by Refutare

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
04:39
3.

credits

released June 9, 2015

tags

license

all rights reserved

about

Refutare Arapongas, Brazil

Refutar, desmentir e contradizer; palavras que representam o que queremos em relação aos pontos negativos, deixando aos positivos; o agradecer, o acolher e o reconhecer em nome de nossos gestos do dia a dia, pois em nossa opinião assim é real e direto. Não esquecendo o quanto estamos sujeitos a tudo isso e o quão importe é essa interferência em nosso ser. ... more

contact / help

Contact Refutare

Streaming and
Download help

Track Name: O abraço que sufoca
Transformar ferro em arma
Transformar chumbo em bala
Declarar que isso é certo
Derrubar e excluir quem ousar dizer que não.

Roubaram sua vida
e roubaram a sua alma
Para aqueles que os aceitam
lhes dão a escravidão.

Chumbo no peito
Ódio no peito.

Lhes dão frieza
tristeza, pobreza
e lhes dão miséria
para aqueles que os aceitam
lhes dão a escravidão.

Mas para aqueles que não,
um grande buraco no chão.
Menos um irmão
que ousou fazer revolução.

Chumbo no peito

Lhes dão tristeza, frieza e pobreza
Lhes dão miséria, desrespeito e opressão.
Mas contra aqueles que hoje os aceitam
estamos aqui, aqueles que não, com um grande buraco no chão.
A água que matava nossa sede
hoje nos afoga
e o fogo que nos aquecia
hoje é aquilo que nos queima.
A casa antes nos abrigava
e tudo isso se acumulando ao nosso redor.

Para transformar bem em mal
paz em guerra
dia em noite
vida em morte
Eis a vida!
É a água nos afoga
o fogo que queima
e a casa que antes nos abrigava.

O que matava nossa sede
hoje nos afoga
e o fogo que nos aquecia
hoje é aquilo que nos queima.
A casa antes nos abrigava
e o que nos dava firmeza para pisar
agora cobre nosso corpos.

O abraço que nos sufoca
é a prisão que é evidente
em nossa existência.
Track Name: Atlântida
Olhos e ouvidos direcionados à parte rica que faz a exploração
Pertencem à pátria, hierárquica, herança da colonização

Mas, seja Atlântida ou não, estamos afundando

Pertencem à pátria com a história de ser usurpada
De horrores poéticos e afronta ao povo nativo
Vendida às máquinas monetárias globais
Mas a cada dia aprendemos seus golpes, táticas, ataques diretos
disfarces, negociações e julgamentos para lucrar
em cima de países que outrora sentiram o frio da lâmina
Tríplice Aliança

Pertencem à pátria com seus próprios
julgamentos para alavancar
negociações, escondendo a história
para lucrar

E as histórias de massacres que não se aprende nas escolas

Pertencem à pátria com a história
de ser usurpada e não aprender com o erro.
A sua luta por autossuficiência
manchou nossas águas e agora a procura em novas terras.

Uma vez debaixo da sola de países que usaram de força
para conquistar novas terras
é a colonizada que não aprende com o próprio erro

Suas linhas imaginárias não dividem o que nasceu junto

E países que outrora sentiram o frio da lâmina Tríplice Aliança
Uma só e apenas um
Que a terra seja apenas uma só e o espírito apenas um
Track Name: Para onde vão os mortos?
E se eu te oferecesse uma nova chance para entrar no paraíso?
Vários outros povos já ofereceram para você
Que não sabem de onde vieram, mas dizem saber para onde você vai
As parcelas são os momentos pagos com o seu sofrimento.

Mas a distância entre o céu e a terra
é a distância de dezenas de anos de vida
O sangue escorre e a pele sua
nada me faz acreditar mais em vocês

Mas ainda tem o possível arrependimento
que pode mostrar que não existe herança da vida
O sangue escorre e a pele sua
ainda não me faz acreditar
porque nós não sabemos para onde vamos